Black Friday 2020: 72% dos consumidores pretendem realizar compras

Black Friday 2020: 72% dos consumidores pretendem realizar compras
Dai 16 de outubro de 2020 Blog Notícias

A Black Friday 2020 até agora era algo incerto devido à pandemia. Porém, após uma pesquisa feita pela Méliuz, as expectativas se tornaram mais animadoras. Apesar de tantas mudanças na vida dos brasileiros, devido ao isolamento social, a maioria dos consumidores ainda pretendem aproveitar esta Black Friday 2020. 

De acordo com a pesquisa, 72% dos usuários devem aproveitar a data. Entretanto, 26,58% ainda não sabem se vão ou não comprar nesta Black Friday e apenas 1,19% afirmaram que não possuem intenção de compra. Desta pequena parcela que não irá comprar, 43% colocam a falta de dinheiro como principal motivo. 

Black Friday no Brasil

A Black Friday chegou no país através das lojas virtuais. Porém, em pouco tempo, as lojas físicas também aderiram à data em seus calendários comerciais. Mas, apesar disso, as lojas físicas ainda ficam atrás do e-commerce, excepcionalmente em 2020. 

Segundo a pesquisa, 58% dos participantes farão suas compras online, 11% em lojas físicas e 32,92% pretendem mesclar entre lojas físicas e online. Este resultado pode ser reflexo do comportamento de compra dos consumidores durante o período de pandemia. 

Sobre as formas de buscar as melhores promoções, 57,8% dos entrevistados vão utilizar sites de busca e 51,2% deles devem ir direto aos sites das lojas. Além disso, os consumidores costumam se informar sobre as promoções através de e-mail marketing, indicação, sites de comparação e até anúncios na tv. 

Itens mais esperados para a Black Friday

Diferente de outros anos, a maioria dos consumidores pretendem comprar em 2020, tens de necessidade. 

42% pretendem comprar itens de necessidade;
25% optaram por comprar itens de desejo;
17% querem trocar produtos que já possuem por novos ou de outro modelo;
6% desejam economizar e antecipar as compras de Natal.

Itens que devem ser mais comprados 

52,74% Eletrodomésticos e eletroportáteis;
41,05% Eletrônicos e Informática;
32,36% Perfumes e Cosméticos; 
28,64% Smartphone;
28,12% Móveis e decoração; 
25,33% Acessórios e Calçados;
24,30% Roupas; 
13,85% Livros;
11,27% Alimentos e bebidas; 
10,54% Viagem;
9,30% Jogos e Consoles; 
8,79% Relógio e Jóias;
8,47% Artigos esportivos;
2,89% Assinatura de serviços;
1,96% Outros.

Quanto pretendem gastar?

Segundo a pesquisa, apesar dos impactos da crise, a média de pretensão de gastos não mudou muito em relação ao ano anterior.

32,2% pretendem gastar entre R$ 1 mil e R$ 2.999,00; 
25,9% pretendem ficar entre R$ 500,00 e R$ 999,00; 
14,6% pretendem para gastar R$ 3 mil ou mais; 
14,3% planeja gastar entre R$ 300,00 a R$ 499,00; 
11% farão compras entre R$ 100,00 e R$ 299,00;
1,6% não pretendem gastar mais de R$ 99,00.

E por aí? Quais são as expectativas para a Black Friday 2020? Seu e-commerce está preparada para essa data? Conta pra gente nos comentários.

Daiane Caroline

Publicitária de formação e apaixonada por comunicação. Escreve para o blog da Signativa e toma café o tempo todo.

Post your comment