2017 promete início da recuperação econômica já no primeiro semestre

2017 promete início da recuperação econômica já no primeiro semestre

O ano que passou não foi fácil para a maioria dos brasileiros, principalmente para os empresários. As altas taxas de inflação e juros dificultaram as ações dos lojistas e o desemprego fez com que o consumidor ficasse mais cauteloso em relação às compras. Entretanto, 2017 promete ser um ano de mudanças positivas para o e-commerce brasileiro.

Apesar do cenário econômico não ser um dos melhores, o comércio online encerrou o ano de 2016 com um aumento de 8% em relação ao ano anterior. Segundo Pedro Guasti, CEO da EBIT, as expectativas são de crescimento para o e-commerce neste ano. “Imaginamos que já em 2017, a gente volte a ter 2 dígitos de crescimento no comércio eletrônico”, conta.

As projeções são muito positivas ainda para o primeiro semestre de 2017. Os lojistas já podem ficar animados, pois de acordo com o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), a previsão do início da recuperação econômica é para o final do primeiro semestre.

Barreiras para novas marcas

O processo para uma nova marca (estrangeira) começar a comercializar seus produtos no Brasil, é um tanto complexa. A indústria também se mostra mais cautelosa para iniciar operações em um mercado instável como o Brasil. Entretanto, esta é uma grande vantagem para o empreendedor virtual brasileiro, afinal não aumenta a concorrência no mesmo nicho.

Planejando para obter resultados

Se você está pensando em criar sua loja virtual em 2017 e aproveitar esta onda de crescimento, precisa planejar muito para obter bons resultados. Procure uma plataforma de e-commerce experiente e completa, conheça seus clientes e crie sua loja buscando atender suas necessidades. Preocupe-se com a logística de entrega e pós-venda, afinal esta etapa é crucial para o cliente voltar a comprar em sua loja virtual. Invista no layout e em campanhas de marketing digital, não adianta ter um bom produto se ninguém conhece. Trace metas e acompanhe os resultados, avaliando quais ações tiveram mais sucesso. Se quiser saber mais sobre isso, clique aqui e confira nosso guia completo.

Onde investir

Os segmentos que estão em alta são os de decoração para casa e acessórios automotivos, uma vez que o consumidor preferiu ficar mais em casa e investir em conforto. Entretanto, a categoria de moda e acessórios está sempre entre os produtos mais vendidos no varejo, seja ele online ou offline. Eletrodomésticos, telefonia (celular) e cosméticos também são categorias com alto volume de vendas no comércio eletrônico.

Agora que você já sabe as previsões positivas para o e-commerce em 2017, é hora de preparar sua loja virtual para este ano incrível. Ainda não tem uma loja virtual? Clique aqui, conheça nossa plataforma de e–commerce e crie sua loja virtual agora mesmo.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.