6 mitos sobre o e-commerce

6 mitos sobre o e-commerce

Como em qualquer outro tipo de negócio, abrir uma loja virtual gera muitas dúvidas. Se você fizer uma rápida busca na internet sobre o tema, logo aparecerão muitas informações a respeito disso. Porém, como podemos saber se algo é verdadeiro ou não passa de um mito? Bom, se você pensa em começar a vender pela internet, mas ainda está receoso, desvendamos seis mitos sobre o e-commerce que irão te ajudar a perder esse medo.

1. Deve ser muito caro montar e manter um e-commerce
Você pensa que montar uma loja virtual necessita de muito investimento? Está equivocado. Este é apenas mais um dos mitos sobre o e-commerce. Muitas empresas não cobram setup (custo de instalação), por isso é importante fazer uma pesquisa antes de escolher quem implementará seu e-commerce. Escolhendo uma empresa que não cobre o setup, você investirá apenas na parte operacional de sua loja, como por exemplo, em produtos e nas fotografias que irão ilustrá-los.

A maioria das empresas disponibilizam planos bem acessíveis, alguns até gratuitos, que se adaptam a qualquer tamanho de negócio. Portanto, se você dedicar seu tempo a isso, conseguirá montar um e-commerce com pouco investimento e logo terá o retorno financeiro esperado.

2. Preciso ter conhecimento técnico
Se você não conhece muito sobre o mundo do e-commerce, não precisa ficar preocupado. Atualmente, as empresas têm se dedicado a deixar os painéis administrativos das plataformas cada vez mais simples e intuitivos. Além disso, você tem acesso, na maioria das vezes, à tutoriais ou uma central de atendimento ao cliente.

Além disso, existem outros mitos sobre o e-commerce relacionados a parte técnica. Uma dúvida muito frequente é: vou precisar de um designer e um programador para montar minha loja? Não necessariamente. Algumas empresas oferecem layouts gratuitos e cuidam de toda a parte de tecnologia, deixando seu tempo livre para se preocupar exclusivamente com os resultados de sua loja.

3. Preciso ter uma equipe grande
Mito! Você não precisa ter uma grande equipe para começar a vender pela internet. Muitos empreendedores virtuais começam trabalhando sozinhos, cadastrando produtos, verificando estoque e recebendo pedidos. Algumas pessoas ficam em dúvida se abrir um e-commerce é realmente um bom negócio – pois costumam compará-lo a uma loja física, onde existem vendedores. Primeiramente, não devemos comparar os dois tipos de mercado, pois eles são completamente diferentes, com públicos distintos. Apesar de não ter um vendedor, na loja virtual existem vários recursos que podem ser utilizados, como atendimento via chat, e-mail ou redes sociais. Além disso, a loja precisa ter uma boa usabilidade visando sempre a melhor experiência do seu usuário.

4. Não tenho CNPJ, não posso ter um e-commerce
Nas fases iniciais, como na configuração de produtos, não é necessário ter um CNPJ, apenas um CPF. Porém, a partir do momento em que você passa a receber pagamentos, aí sim é obrigatório ter CNPJ. Se você não tiver, além de estar fora da lei, não terá acesso a algumas atividades básicas, como emissão de nota fiscal e recebimento via cartões de crédito. Uma ótima opção para quem está começando e não pode investir muito é se tornar um Microempreendedor Individual (MEI).

5. Não tenho loja física, por isso não posso ter uma loja online
Agora que você está por dentro de alguns mitos sobre o e-commerce, vai perceber que este não faz sentido. Se você está pensando em abrir uma loja online, não ter uma loja física não é um problema. Mesmo se tivesse um varejo offline, os dois tipos de negócio são distintos, como mencionado anteriormente. Tanto o controle de estoque, quanto a logística podem ser separadas, então não se preocupe.

Se quiser montar uma loja virtual, terá que se atentar a quase tudo que precisa em uma loja física: estoque, parte visual e promoções. Existem coisas que você precisa providenciar para montar um varejo offline – como o aluguel, por exemplo – que não são necessárias em uma loja virtual. Porém, também existem coisas no e-commerce que precisam ser pensadas, como as formas de entrega, cálculo de frete e fotografia.

6. E-commerce é para grandes empresas
Este é mais um dos mitos sobre o e-commerce mais comuns. Mas, é errado pensar desta forma, pois a cada dia temos exemplos de lojas virtuais de pequeno porte, que com esforço e dedicação, criam lojas que deslancham e aumentam seu faturamento em pouco tempo. Portanto, se você é um pequeno ou médio empreendedor, não se intimide com os grandes players, pois existe mercado para todos os tipos de segmentos e portes de empresa.

A Retrateira é um cliente Signashop que se encaixa perfeitamente neste caso. A empresa começou com uma ideia inovadora: oferecer produtos diferenciados aos fotógrafos e entusiastas de plantão. Atualmente, tem uma loja virtual de sucesso com pedidos a todo momento.

Agora que você já sabe quais são os principais mitos sobre o e-commerce, que tal montar sua loja virtual grátis?

Ainda não tem uma loja virtual? Clique aquiconheça nossa plataforma de e–commerce e crie sua loja virtual agora mesmo.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.