6 técnicas para criar um call-to-action eficiente

6 técnicas para criar um call-to-action eficiente

Todo conteúdo gerado para a web deve ser pensado para atrair a atenção do público e trazer resultados. Por este motivo, os textos em blogs e sites costumam ser acompanhados de um call-to-action (CTA), ou “chamada à ação”, traduzindo para o português. Os CTAs são links ou funções de uma página que levam os visitantes a realizar ações. Eles são fundamentais na conversão e podem causar um grande impacto em seu negócio.

O tipo de call-to-action varia de página para página, de acordo com a estratégia da empresa. Os CTAs podem ser encontrados em formato de links de navegação, links para compra ou links para formulários de inscrição. De qualquer forma, eles são extremamente importantes para transformar seus visitantes em leads comerciais ou mesmo em um público fiel a seus conteúdos. Se ainda não sabe como criar um bom call-to-action, acompanhe nossas dicas e aplique essa técnica em sua loja virtual.

1. Escolha muito bem o local do call-to-action
Primeiramente, é preciso levar em conta o local em que os CTAs serão posicionados. Você pode ter várias chamadas ao longo do texto, site ou landing page, pois cada cliente possui um momento de compra diferente. Uma dica importante para criar um call-to-action eficiente, é escolher um ponto onde o visitante conseguirá vê-lo assim que abre a página. Conforme você apresenta seus argumentos de venda no texto, diversos CTAs podem ser utilizados.

2. Defina o formato da chamada
Um call-to-action pode vir no formato de texto, imagem, botão de venda ou através de pedidos para comentar ou compartilhar algo. Cada tipo de chamada deve ser pensada de acordo com o objetivo da loja e você deve investir naquela que mais se adapta a sua estratégia. Lembre-se de fazer testes a fim de descobrir qual modelo de CTA tem o melhor desempenho com o público.

3. Aplique a psicologia das cores
As cores são uma parte importante no processo de construção de um call-to-action eficiente. Para obter resultados ainda melhores, leve em consideração o conceito de psicologia das cores. É essencial conhecer o efeito que cada cor causa no usuário, para então definir as mais adequadas ao seu planejamento. Nessa etapa, vale a pena dedicar um tempo para saber um pouco mais sobre o tema e sua influência nas vendas.

4. Utilize imagens adequadas
Caso resolva utilizar imagens em seus calls-to-action, tome cuidado com a qualidade e tamanho das peças. Uma boa ideia é usar fotografias ou desenhos de pessoas olhando para o CTA, assim você estimula o olhar do usuário para o que realmente interessa. O importante é não criar distrações e abusar da criatividade para chamar a atenção do cliente.

5. Pense no tamanho da chamada
Além das cores, posição e formato, é essencial pensar no tamanho do CTA. Ele precisa ficar visível para o usuário, portanto, não pode ser pequeno demais. Isso não quer dizer que você deve exagerar nas chamadas, pois essa prática também pode causar uma má impressão no consumidor. Mais uma vez, os testes A/B são necessários para saber qual tipo de CTA agrada seu público. Crie dois calls-to-action com pequenas diferenças de tamanho e depois avalie qual possui o melhor resultado.

6. Crie um senso de urgência no usuário
Para aumentar a taxa de conversão da página, o call-to-action precisa despertar a urgência no usuário. Se quiser alcançar esse efeito, utilize palavras como “já”, “agora” e “hoje” em suas chamadas. Isso irá transmitir a sensação de que o tempo é curto, por isso o cliente deve clicar naquele CTA rapidamente para não perder a oportunidade.

Então, que tal colocar em prática nossas dicas e elaborar os próximos CTAs de sua loja virtual? Você pode se surpreender com o impacto que essas alterações irão causar em suas vendas.

Ainda não conhece a plataforma de e-commerce Signashop? Saiba mais sobre nossos planos e cadastre-se agora mesmo (vai levar apenas 2 minutinhos).

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.