Utilize o conteúdo gerado pelo usuário para aumentar suas conversões

Utilize o conteúdo gerado pelo usuário para aumentar suas conversões

Você provavelmente já ouviu falar em conteúdo gerado pelo usuário (CGU), mas se ainda não sabe do que se trata, não se preocupe. Quando algum cliente, colaborador de uma empresa ou qualquer outra pessoa utiliza um meio de comunicação (site, blog, redes sociais, fóruns de discussão) para gerar conteúdo de forma espontânea, ele se caracteriza como CGU.

Tudo que é gerado de forma natural é muito positivo para uma empresa, principalmente aos olhos do consumidor. Se ele encontrar boas informações sobre sua loja virtual, estará mais propício a efetuar uma compra. Por isso, se você ainda não utiliza CGU em seu e-commerce, agora é o momento de começar, pois o marketing de conteúdo passou de tendência para necessidade.

Para te ajudar, separamos algumas dicas para você aplicar em sua loja virtual e gerar mais tráfego e vendas.

Avaliações na página de produto
Sabemos que muitos clientes deixam de realizar uma compra online por medo de que o produto não chegue. Por exemplo: se ele compra uma roupa, tem receio de que a cor não seja a mesma da foto ou que o tamanho seja diferente. Apesar do lojista colocar todas as informações do produto, como tamanho, peso, medidas e fotos, o cliente quer saber mais. Ele quer saber se alguém já usou aquele produto e como foi sua experiência.

Para resolver essa “dor” do consumidor, muitas lojas utilizam o sistema de avaliações do produto. Como ilustra a imagem abaixo, a loja Retrateira usa um sistema para que o consumidor possa avalizar o produto dando estrelinhas.

conteúdo gerado pelo usuárioAlém disso, o cliente pode escrever nos comentários um pouco mais sobre sua experiência de compra e falar sobre o produto. Podemos ver aqui um exemplo clássico de conteúdo gerado pelo usuário, de forma espontânea.

Dica plus: usar imagens dos clientes utilizando o produto dá um bom retorno, pois passa ainda mais confiança para o novo comprador. Peça para seus clientes enviarem fotos e exiba junto às fotos do item.

Dúvidas dos consumidores
Dependendo do produto, o cliente ficará com muitas dúvidas. É papel do lojista ficar atento às perguntas feitas pelos clientes e tentar respondê-las o mais rápido possível. Além de mostrar um ótimo atendimento ao cliente e deixá-lo confiante com a compra, as perguntas do cliente e respostas da empresa podem ajudar outra pessoa, que posteriormente possa ter as mesmas dúvidas e preocupações.

Na imagem abaixo, podemos observar como utilizar o conteúdo gerado pelo usuário a seu favor.

conteúdo gerado pelo usuárioTráfego social
Você pode utilizar as redes sociais de diversas formas para gerar conteúdo do usuário, pois o consumidor está cada vez mais conectado. Muitas pessoas buscam na internet informações sobre os produtos e empresas, e usando elas a seu favor, seus clientes só encontrarão boas recomendações.

Algumas empresas acabam postando nas redes sociais alguns comentários, avaliações ou perguntas que foram feitas por um cliente satisfeito. Além disso, você pode compartilhar fotos e vídeos de seus clientes utilizando o produto que compraram. Isso é algo muito positivo, pois vai acabar com algumas dúvidas, como: será que a cor é esta mesmo? Será que o tamanho é o mesmo informado?

Outra ação que é muito interessante, é fazer uma campanha no Instagram. Você pode criar um sorteio e pedir para as pessoas enviarem fotos com os produtos, por exemplo. Se você tem uma loja de artigos esportivos, é possível promover uma campanha para a foto de aventura mais inusitada utilizando o tênis x. Além de causar um “social buzz”, você terá um acervo de fotos de seus clientes e poderá usar na página de produtos.

Marketing digital
Muitos lojistas ficam com dúvidas no momento de fazer um anúncio pago. É realmente muito difícil segmentar um público e escolher qual tipo de abordagem utilizar. Geralmente, nessa etapa algumas empresas erram em seus anúncios – fazem algo muito comercial e acabam não atingindo seu público.

Para que isso não ocorra, você precisa conhecer seu público e entender seus gostos. As pessoas não acessam as redes sociais para comprar um produto necessariamente, elas acessam para ver atualizações de amigos e familiares, ou para se informar sobre a atualidade. Então, se seu anúncio for muito direto e comercial, pode passar despercebido pelo cliente. Usar o conteúdo gerado pelo usuário é uma alternativa muito mais eficaz em anúncios.

SEO com CGU
O CGU é muito bom para o ranqueamento de sua loja virtual nos buscadores. Como falamos, o conteúdo gerado pelo usuário é feito de forma espontânea, o que conta muito para o Google te colocar em uma boa posição. Mas é preciso ser proprietário deste conteúdo e não deixá-lo hospedado em uma plataforma como o Instagram, por exemplo.

É possível, através de uma integração, incorporar o conteúdo de avaliação como parte do código HTML, conhecido como in-line SEO. Apesar de ser uma alternativa mais complexa, ela trará bons resultados para sua loja. Outra forma mais simples, seria criar um minisite ou página que possa direcionar todos as avaliações de produtos.

Nunca esqueça que CGU é muito importante para sua loja virtual, e que o acompanhamento dele é algo constante. É preciso sempre instigar o consumidor a fazer as avaliações dos produtos e compartilhar sua experiências. Seguindo essas dicas, você provavelmente estará bem ranqueado e atraindo mais clientes através do conteúdo.

Ainda não tem uma loja virtual? Clique aquiconheça nossa plataforma de e–commerce e crie sua loja virtual agora mesmo.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.