Usando as descrições dos produtos para aumentar as vendas

Usando as descrições dos produtos para aumentar as vendas

Quando você deseja comprar algo e vai até uma loja física, geralmente o vendedor te ajuda a escolher o produto mais adequado. Ele faz toda a propaganda, fala das vantagens daquela mercadoria e pode até te convencer a levar algo que você nem queria ou precisava. Se o profissional for atencioso e sincero, a chance do cliente se sentir à vontade para realizar a compra é bem maior. Em um e-commerce, quem irá fazer esse trabalho por você são as descrições dos produtos. Por isso, não basta inserir qualquer informação: é preciso pensar, planejar e dedicar um tempo exclusivo para criar uma descrição relevante – para o consumidor e para os buscadores.

1. Escolha as palavras-chave adequadas

Como comentamos anteriormente, além de escrever para o cliente, você também está escrevendo para os mecanismos de busca. Portanto, antes de começar a pensar nas descrições dos produtos, é preciso determinar quais serão as palavras-chave utilizadas em cada texto. Para aperfeiçoar ainda mais seu trabalho de redação, você pode utilizar a ferramenta Google Adwords. Ela irá te ajudar a entender o que as pessoas buscam e você poderá escolher os termos mais adequados ao segmento em que atua. Utilize essas palavras para formar o título e também ao longo da descrição.

2. Utilize uma estrutura básica para descrever o produto

É importante que o consumidor tenha todas as informações relevantes a sua disposição, assim, ele se sentirá mais confiante para efetuar a compra. Para escrever uma resenha completa, você pode utilizar a seguinte estrutura: descrição comercial, técnica e de utilidade. Seguindo esse mesmo modelo para todos os produtos, nenhuma informação significativa será deixada de lado.

Na descrição comercial, você pode demonstrar as vantagens de cada item, como ele pode resolver determinados problemas e como fará o cliente se sentir. Na parte técnica, como o próprio nome sugere, insira informações sobre o produto, como material, peso, cores, duração, qualidade, entre outras coisas. Por fim, falando de utilidade, ensine o consumidor a utilizar aquela mercadoria e crie situações em que ele consiga se imaginar com ela.

3. Não duplique informações

Por mais trabalhoso que possa ser, você deve utilizar uma descrição diferente para cada produto. Isso porque um conteúdo duplicado é penalizado pelo Google, sendo assim, sua loja não será encontrada de forma orgânica. Uma outra dica importante, é não reaproveitar as descrições do fornecedor, pois muitas lojas têm a mesma ideia e acabam saindo no prejuízo. Criar resenhas exclusivas aumentará suas chances de aparecer nos buscadores, além de deixar seu e-commerce ainda mais diferenciado.

4. Seja criativo

As descrições dos produtos devem ser atrativas, para que o cliente se convença de que aquele item é bom, e também para que ele queira ler o texto até o final. Dependendo de seu público-alvo, você até pode apostar em uma linguagem mais descontraída. O importante é saber com quem você está falando, a fim de escrever algo que seja realmente interessante para o seu consumidor.

Após essas dicas, que tal rever as descrições de seus produtos e ver o que pode ser melhorado?

Ainda não tem uma loja virtual? Clique aqui, conheça nossa plataforma de e–commerce e crie sua loja virtual agora mesmo.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.