Google Shopping dá novo impulso para o marketing digital no e-commerce

Google Shopping dá novo impulso para o marketing digital no e-commerce

O Google Shopping é uma ferramenta da gigante de buscas, que visa facilitar a vida do consumidor ao permitir que ele compare preços, produtos, descrições e avaliações de produtos de forma otimizada, usando menos tempo e com a disposição de todas essas informações com apenas alguns cliques.

Enquanto para muitos consumidores o Google Shopping é uma ferramenta que ajuda na hora de evitar preços abusivos e produtos mal avaliados, muitas empresas de e-commerce ainda têm dificuldade em usar a ferramenta para potencializar suas vendas. No entanto, quando usada assertivamente, a opção pode ser um grande gerador de tráfego para o site e aumento direto nas vendas.

O que é Google Shopping?

Quando você faz uma busca no Google por um produto (exemplo: iPhone 6), o Google Shopping é o que aparece na parte lateral direita com o indicativo “patrocinados”. A diferença com os links patrocinados (que aparecem como “anúncio”) é que nesta opção o cliente já consegue ver diretamente a imagem, preço e loja na qual pode efetuar a compra, tornando esta publicidade mais atraente ao usuário.

Como usar o Google Shopping para melhorar resultados?

A ferramenta pode ser usada para todos os produtos da loja, mas o e-commerce pode focar o marketing digital apenas para aqueles itens que sejam mais interessantes para a empresa, como o carro-chefe dela, pensando desde o início nas palavras-chave, para otimizar os resultados.

Para ter sucesso nessa empreitada, a empresa deve optar por uma consultoria de marketing digital que possa apresentar com consistência os fundamentos necessários para boas campanhas na internet. Para ter destaque com essa ferramenta, por exemplo, avalie quais as chamadas são mais atraentes e quais os principais elementos:

  • Qualidade da foto
  • Preço
  • Nome da loja
  • Descrições básicas à vista
  • Benefícios e diferenciais
  • O primeiro passo é tornar esses elementos os mais atraentes possíveis para o consumidor, assim ele será direcionado para a próxima página já avaliando positivamente seu anúncio.

E o conteúdo?

Caso o usuário selecione Google Shopping após ter se interessado pelo anúncio inicial, ele será direcionado para uma página semelhante a que está abaixo:

Google Shopping

Neste momento o comprador irá ver todos os elementos principais, então explore já no título aquilo que o seu anúncio tem de diferencial e mais interessante. Seja claro e objetivo neste momento para não distrair o usuário.

Ao optar por algum dos anúncios, o consumidor será direcionado para a seguinte opção:

31

Este é o momento decisivo. O consumidor irá focar no preço, mas também em outros elementos, como os benefícios para a compra (como a opção de parcela) e a descrição do produto, que deve ter um conteúdo rico, informativo, mas ao mesmo tempo sucinto e objetivo, para que o usuário tenha condições de tomar uma decisão rápida e certeira. Assim ele irá ser direcionado para a sua loja, onde poderá efetuar a compra.

Possibilidades

Ajudando o consumidor a efetuar a compra de forma rápida e prática, com acesso às informações e dados do produto, o Google Shopping dá mais poder ao consumidor, mas ao mesmo tempo permite que empresas de e-commerce aprimorem seus serviços, tornando-os mais exclusivos e eficazes, com retorno em vendas. O marketing digital terá um papel fundamental para auxiliar na criação dessas campanhas assertivas na internet e uma consultoria de marketing pode ser a chave para dar o primeiro passo neste cenário.

Post Colaborativo WSI Consultores

Ainda não tem uma loja virtual? Então clique aqui, conheça nossa plataforma de e-commerce e faça um teste.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.