Link building: aumentando os acessos do seu e-commerce

Link building: aumentando os acessos do seu e-commerce

Sabemos que o mercado de e-commerce vem prosperando todos os anos e com isso a competitividade também aumentou significativamente. Para driblar a concorrência e conquistar o público-alvo, o empresário busca sempre novas estratégias. O link building é uma delas.  

Mas, o que é link building?

O link building é um dos recursos de SEO (técnica usada para melhorar o posicionamento de um site nos mecanismos de busca). Trata-se de links em sites de terceiros que apontam para o site/e-commerce.

Essa prática tem conquistado muitos lojistas, afinal todas as menções relevantes à empresa ou aos produtos que vêm acompanhadas de um link que redireciona o usuário para um site, são vistas como algo positivo pelos motores de busca (Google) e isso gera autoridade para a marca.

Se você quiser usar o link building em sua estratégia de marketing, fique atento às duas coisas: às boas práticas de SEO on-page (otimizações realizadas no próprio site) e também às de SEO off-page (backlinks criados em outros sites).

Existem dois tipos de links que podem ser criados:

  • follow: quando o site de origem passa parte de sua relevância para o domínio de destino;
  • no-follow: links menos relevante para os mecanismos de busca, pois referenciam sem gerar autoridade.

Como você pode perceber, os links follow são mais vantajosos e por isso devem ser considerados no momento da estratégia de link building.

Por que o link building é importante no e-commerce?

No meio digital, o volume de tráfego é um dos fatores constantemente avaliados, afinal reflete nas vendas. Os resultados nos motores de busca podem ser um dos responsáveis por esse aumento e também pela geração de leads qualificados (aqueles que estão propensos à compra). Por este motivo, é importante sempre buscar novas alternativas e melhorias.

Nesse sentido, o link building faz seu papel, trazendo relevância ao site e tornando-o mais reconhecido pelo Google e pelos usuários. Entretanto, essa prática não é tão simples. Para que essa estratégia de construção de links funcione, ela deve seguir alguns requisitos como:

  • gerar links “follow” e que passe a autoridade do site de origem;
  • criar links em sites relevantes para o segmento de atuação do e-commerce;
  • fazer parcerias com sites que tenham autoridade e bons resultados no Google;
  • nunca comprar links;
  • gerar conteúdos que agreguem na experiência de compra do consumidor.

Além dos backlinks, você pode trabalhar com outras estratégias em paralelo, como estimular a avaliação dos produtos. Neste caso ela pode ser feita pelos usuários na página do próprio produto, em uma página específica ou através de parcerias com especialistas/influenciadores que façam reviews do produto.

A criação de conteúdo de qualidade também ajudará o e-commerce a construir sua autoridade. Esses conteúdos devem ser interessantes para o consumidor e completos. Desta forma, as chances do seu site ser referenciado aumentam.

Fazer parcerias também é uma forma garantida de gerar backlinks de qualidade. Essa troca de links é chamada de guest-post e é indicado para os lojistas que estão iniciando seus trabalhos com link building. Por fim, ser referenciado pelos fornecedores também é uma ótima forma de gerar autoridade.

A estratégia de link building é muito pertinente para o segmento de e-commerce, mas para ela seja consolidada, é importante que o lojista faça um planejamento estratégico. Não esqueça de sempre acompanhar os resultados, isso será fundamental para melhorar suas futuras ações.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.