O que é e como fazer uma análise SWOT?

O que é e como fazer uma análise SWOT?

Administrar um e-commerce é uma tarefa bem complexa. Além de colocar os produtos à venda, o lojista precisa se preocupar com outras áreas, como o financeiro e o marketing. Com a rotina sempre agitada, nem sempre sobra tempo para analisar o negócio, ver quais processos são falhos e onde pode melhorar. Porém, isso é essencial para o futuro de qualquer empresa. Existe uma forma simples e eficaz de fazer isso, chama-se análise SWOT.

O que é análise SWOT?

A sigla SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunities, Threats) parece ser algo complicado à primeira vista, mas pode ser mais simples do que se imagina. Traduzindo para o português, podemos usar a sigla FOFA:

F – Forças

O – Oportunidades

F – Fraquezas

A – Ameaças

Seu objetivo é fazer uma avaliação das coisas boas e ruins que existem no seu negócio, analisando o ponto de vista interno (forças e as fraquezas) e externo (oportunidades e as ameaças). O fatores internos se relacionam ao seu e-commerce, enquanto os fatores externos ao ambiente em que ele está posicionado.

Forças e fraquezas são o presente, já as oportunidades e as ameaças são o futuro. Ou seja, isso nada mais é do que uma avaliação do que está acontecendo de fato e do que poderia acontecer.

Como as forças e as fraquezas são fatores internos, elas podem ser controladas e transformadas. Entre elas podemos citar, a cultura organizacional, a lista de clientes, a localização geográfica, o pessoal, as parcerias, os ativos etc.

Por outro lado, as ameaças e oportunidades podem fugir do seu controle. Apesar dos esforços para tentar planejá-las ou influenciá-las, no final das contas elas não dependem de você. Entre elas podemos citar os fornecedores, os concorrentes, a economia, as tendências, as condições meteorológicas, as regulamentações etc.

Como fazer uma análise SWOT?

Este tipo de análise dispensa cálculos ou qualquer complexidade. Tudo vai depender da sua capacidade em observar os fatores internos e externos e verificar como podem impactar o seu negócio. Essa técnica é mais sobre saber planejar do que de fazer previsões.

Para começar, você pode reunir sua equipe, afinal quanto mais opiniões tiver, melhor e mais completo será o diagnóstico do seu negócio. Mas se estiver fazendo isso sozinho, não se preocupe, você está totalmente envolvido com o processo. Faça um brainstorming e liste as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças juntos.  

Depois, responda algumas perguntas e preencha a matriz SWOT. Se não sabe por onde começar, te damos algumas dicas:

Forças

– Somos bons?
– O que fazemos melhor que os demais?
– Qual é a nossa vantagem competitiva?
– O que nós fazemos que ninguém mais faz?
– O que faz os nossos clientes gostarem de nossa empresa?

Fraquezas

– Somos ruins?
– O que os nossos concorrentes fazem melhor?
– Quais as reclamação dos nossos clientes?
– Quais são nossas desvantagens?
– O que está nos impedindo de crescer?

Oportunidades

– O mercado está mudando de maneira favorável?
– A economia atual vai nos impactar positivamente?
– Quais oportunidades ainda não aproveitamos?
– Existe alguma forma de adquirir recursos úteis que ainda não possuímos?

Ameaças

– Quem são os nossos concorrentes?
– O setor está mudando e pode impactar negativamente o nosso negócio?
– Tem algum suprimento essencial se tornando escasso?
– O nosso fabricante não é confiável?

Feito isso, você deve “enxugar” a sua lista, compilando as principais informações. Deixe-as organizadas em uma tabela 2×2, conforme este exemplo:

Se está abrindo sua empresa ou na fase de planejamento, a análise SWOT lhe dará uma vantagem competitiva no mercado. A partir dessa matriz, você terá uma visão clara do seu negócio e poderá traçar suas estratégias de maneira mais eficiente.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.