O que é fulfillment e como reduzir seus custos no e-commerce

O que é fulfillment e como reduzir seus custos no e-commerce

Ao abrir um e-commerce, o lojista se depara com muitos custos operacionais. Entretanto existe um muito importante, mas que muitas vezes é subestimado pelos próprios administradores do negócio. Trata-se do fulfillment.

O que é fulfillment?

O fulfillment pode ser definido como um conjunto de operações e atividades realizadas desde o recebimento do pedido na loja virtual até a entrega do produto. Dentro dele podemos citar alguns processos como o recebimento, armazenamento, picking, embalagem do produto, faturamento e expedição.

Porém, esses processos somados podem representar uma fatia significativa no total de custos da operação virtual. Por exemplo, se o lojista envia produtos a mais no pedido sem conferência, pode sofrer grandes perdas financeiras.

Por este motivo que alguns dos grandes players optam por terceirizar essas atividades com empresas especializadas em full commerce. Outras organizam um padrão de serviços, usando um SLA de d+0, por exemplo.

Entretanto, sempre surge uma dúvida entre os lojistas virtuais de pequeno e médio porte. Como empresas com volumes de pedidos elevados conseguem oferecer um preço menor e um menor tempo de entrega? Pensando nisso, separamos algumas dicas para reduzir os custos e otimizar o fulfillment em seu e-commerce. Confira.

Segmente os SKU´s

Os SKU’s (referências/código dos produtos) podem causar uma grande confusão no e-commerce. Uma das formas de reduzir os custos com seu fulfillment é segmentar os SKU’s por marca durante a armazenagem. Assim, além de facilitar a procura do produto durante a montagem do pedido, você tem um controle maior do seu estoque e diminui a probabilidade de ter um stock-out (falta de estoque).

Defina os KPI´s

Definir os KPI’s (Key Performance Indicator, ou Indicadores-Chave de Desempenho) é fundamental para uma boa gestão. Estabeleça métricas para mensurar a performance diária, como por exemplo o número de pedidos e a quantidade enviada. Isso lhe permite controlar integralmente a produção geral e individual.

Existem também outros tipos de KPI´s que não estão necessariamente relacionados à performance dos profissionais. Quantidade de insucessos (retorno de pedidos enviados após esgotamento das tentativas de entrega) e métricas de logística reversa podem ser alguns.

Use a tecnologia

Sabemos como a tecnologia é importante em um e-commerce, mas nem sempre ela é usada de uma forma potencializada. Utilizar ferramentas de apoio à gestão, pode ser fundamental para garantir uma operação de fulfillment otimizada.

Softwares como ERPs, WMS, TMS, entre outros, são essenciais para organização da operação quando existe uma quantidade considerável de pedidos.

Terceirize a mão de obra

A terceirização de mão de obra é uma realidade atualmente. Existe a possibilidade de aumentar o quadro de funcionários apenas quando há demanda. Durante a Black Friday, por exemplo, onde a quantidade de vendas aumenta. Essa alternativa tem diminuído os custos internos de muitas empresas e pode te ajudar também.

Ofereça uma experiência única

Para finalizar seu processo de fulfillment, não podemos esquecer da entrega do produto ao cliente. Já falamos anteriormente sobre unboxing experience e sobre sua importância em uma operação virtual. A experiência de compra precisa ser perfeita em todas as etapas, desde a escolha do produto, checkout e recebimento do produto. Desta forma você garante a fidelização dos clientes.

Seja em uma operação terceirizada ou interna, utilize essas dicas em seu processo de fulfillment. Certamente essas estratégias te ajudarão a reduzir custos e otimizar sua gestão na loja virtual.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.