O que você deve saber antes de trocar a plataforma de e-commerce

O que você deve saber antes de trocar a plataforma de e-commerce

Se você é dono de e-commerce ou está pensando em abrir um, talvez precise trocar de plataforma em algum momento. Seja pela baixa taxa de conversão, instabilidade, código engessado, limitações, falta de suporte, checkout complicado ou qualquer outro motivo. Entretanto, antes de tomar uma decisão, existem muitos fatores a serem considerados.

Comissionamento

Uma das primeiras coisas que deve ser observada antes de contratar uma nova plataforma é se terá comissionamento sobre as suas vendas. Muitas empresas cobram uma taxa de comissionamento abusiva e isso pode ser extremamente negativo. O ideal é encontrar uma plataforma que não tenha esse tipo de cobrança, afinal você não quer ter um sócio oculto não é mesmo?

Layout

Outro ponto fundamental é a terceirização do layout com uma agência. É importante a empresa ter parceiros para indicar caso você queira desenvolver um layout totalmente personalizado. Entretanto, ela precisa oferecer mais opções, como modelos prontos, ou a possibilidade do cliente fazer alterações através de HTML e CSS.

Hospedagem

Primeiramente, verifique qual o tipo de hospedagem que será oferecida e garanta que ela seja especialmente recomendada para um e-commerce. Se possível escolha uma empresa que ofereça a opção de escalabilidade, onde a plataforma acompanha o crescimento do seu e-commerce e consequentemente dos acessos, sem nenhum contratempo como a loja “sair do ar”.

Suporte

Se você já é um gestor de e-commerce, sabe como essa área necessita de suporte constante. Por isso, esse é um ponto chave e deve ser bem analisado antes de contratar uma nova plataforma.

Conversas por telefone, e-mails, reuniões presenciais, depoimentos de outros clientes, são algumas das formas de identificar como será o atendimento dessa empresa.

Domínio

Além de observar a nova plataforma, existem algumas coisas que precisam ser feitas para essa migração. O domínio é uma delas. Verifique se o registro da sua loja virtual está em ordem. Caso a gestão do Domain Name System (DNS) – a armazenagem de domínios e seus endereços de IPs – não ocorra perfeitamente, o processo de migração se torna impossível.

Certificado de segurança

Além disso, é fundamental conferir se o certificado de segurança (SSL) usado em sua plataforma atual vai funcionar na nova plataforma, pois pode não ser compatível.

Redirecionamento 301

Caso as URLs da sua loja virtual alterem com a migração de plataforma, é essencial fazer um redirecionamento 301 para cada uma delas. Isso fará com que os principais buscadores redirecionem adequadamente os consumidores para as novas URLs, evitando assim que o usuário encontre o famoso erro 404.

Backup

Todas as informações atuais de sua loja virtual são importantes. Por isso, não esqueça de fazer o backup de toda a plataforma antes de migrar para a nova. Você deve guardar os dados por um tempo para evitar qualquer Imprevisto

Testes

Antes de efetivamente realizar a migração, faça alguns testes na nova plataforma, assim você garante que tudo está funcionando perfeitamente. Outra dica interessante é fazer a migração em um período com menor quantidade de pedidos. Desta forma você evita que qualquer imprevisto atrapalhe as compras dos consumidores e consequentemente seu faturamento.

Agora, se precisar mudar de plataforma de e-commerce, já tem as principais dicas e poderá fazer uma escolha inteligente.

Você já teve que mudar de plataforma de e-commerce? Conte-nos como foi sua experiência.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.