KPIS e Métricas – Saiba tudo neste post completo

KPIS e Métricas – Saiba tudo neste post completo

Saiba tudo sobre KPIS e Métricas

Entender o que são KPIS e métricas é fundamental, pois são elas que norteiam o nosso post de hoje. Você já entende um pouco deste mundo? Então este post é para você, mas também ajudará à aqueles que não tem familiaridade com o tema a conhecerem e começarem a utilizar efetivamente estas ferramentas no dia a dia do seu negócio.

O que é KPI?

Key Performance Indicator é de onde se origina a sigla KPI e pode ser traduzido como Indicador Chave de Performance, que nada mais é que encontrar uma forma de medir os indicadores da sua empresa. Então, por exemplo, se sua empresa é um ecommerce de moda e quer medir as KPIs, pode começar verificando as vendas mensais online. Ou quais os vestidos mais vendidos, qual a marca que mais vende, entre outros indicadores. As KPIs pode ser um número ou um percentual. As KPIs também podem ser medidas por grau de dificuldades, por exemplo: uma telefonista receberia grau 1 para classificar o seu trabalho. Já uma pessoa que gerencia o atendimento recebe grau 10, pois além de realizar o trabalho de atendimento, também teria que gerenciar toda a equipe de atendimento. Em cima de informações como estas, você pode, inclusive, criar uma forma de “compensar” seus funcionários por suas atividades, através de pontos ou objetivos alcançados.

Qual a diferença entre KPI e Métrica?

Métrica é tudo o que pode ser medido, logo, as métricas podem se tornar KPIs. As KPIs são, como dito anteriormente, indicadores importantes para o seu negócio e uma métrica, é apenas algo a ser medido. Se por algum motivo essa métrica se tornar relevante para a estratégia da sua empresa, ela pode virar então uma KPI.   

Uma KPI precisa ser relevante para o seu negócio e auxiliar você e seus superiores a tomar decisões inteligentes. 

Assista também à este vídeo explicativo: https://www.youtube.com/watch?v=TpD56z9L3Mw

Características de uma boa KPI

  1. Relevância – Tome cuidado com os “indicadores de vaidade”, pois estes, deixarão apenas o pessoal do marketing da sua empresa satisfeito, mas não trarão resultados efetivos. Estes são números que não mostram nenhum resultado concreto. Um bom exemplo para estes indicadores são: curtidas, comentários e compartilhamentos (Para saber mais, leia o próximo parágrafo! 😉 );
  2. Disponibilidade de Mensuração – Para poder escolher uma KPI principal, ela precisa estar disponível para ser mensurada e analisada. Parece óbvio, mas essa análise é fundamental;
  3. Importância de Acompanhamento dos Resultados – As KPIs mostram se a sua estratégia está surtindo efeito e os objetivos principais estão sendo atingidos. É importante sempre atualizar estes números ou percentuais de aumento para seu supervisores ou diretoria;
  4. Dados e Informações são a Base das Boas Escolhas – A sua KPI deve te ajudar a fazer escolhas inteligentes. Não adianta ter bons dados se eles não te derem a base para escolher o melhor caminho a ser seguido pela sua empresa;
  5. Periodicidade – As KPIs deve ser medidas constantemente. É só através desse acompanhamento que permitirá entender o que dá certo dentro da sua empresa, e o que não funciona. Opte então por KPIs que possam ser medidas periodicamente, para ajudar, inclusive, nas tomadas decisões.

Porque as Curtidas nas Redes Sociais não são Bons KPIs

Boas KPIs são aquelas que mostram como o seu objetivo está trazendo mais retorno ou oportunidades de negócio para a sua empresa. Uma curtida ou um like sozinho não são uma forma precisa de calcular, isso porque dificilmente vai se conseguir entender qual o próximo passo daquele seguidor. Por exemplo: se ele apenas curtiu sua página, ou se ele curtiu e acessou o e-commerce e a partir daí ele finalizou uma compra. Não há como saber, portanto, foque seus esforços no que está claro de ser mensurado e acompanhado.

KPIs Primárias  

Podemos resumir as KPIs primárias, como aquelas que farão com que sua empresa tenha mais lucro. Estas, geralmente são aquelas que seus diretores e superiores vão querer ter acesso primeiro. Seguem alguns exemplos de KPIs primárias: Leads, Tráfego, Taxa de Conversão e Receita Total.

KPIs Secundárias

As KPIs trabalhadas por vocês e informadas ao seu gerente ou superior precisam mostrar que o gerenciamento da estratégia está no caminho certo. Estas KPIs secundárias, reforçam as primárias e ainda levantam mais alguns porquês. Alguns exemplos para vocês: Assinantes da newsletter, Custo por lead em cada estágio do funil, Visitas recorrentes ao Blog e Origem do tráfego (pago ou orgânico).

KPIs Práticos

Quem gerencia e administra o dia a dia do marketing no seu e-commerce, precisa acompanhar constantemente dados detalhados sobre comportamento, aquisição e características dos usuários. Algumas KPIs Práticas relevantes: Pageviews, Landing Pages, Palavras-chave mais pesquisadas e Conteúdos mais visitados.

De qualquer forma, é importante sempre ter em mente que, independente de qual dos 3 estágios de KPIs você esteja, é fundamental analisar as anteriores. Só assim será possível uma visão mais ampla do cenário do seu e-commerce.  

KPIs para E-commerce

Você sabia que o Google Analytics possui métricas criadas especialmente para negócios online? Pois é, e esse é um dos motivos que afirmamos que as KPIs funcionam muito bem para os e-commerces. Digamos que a sua KPI neste caso é aumentar o ticket médio das compras dentro da sua loja online. Para isso, você pode utilizar como estratégia: frete grátis, descontos e outros.

Para saber se está surtindo o efeito, acompanhe sempre os resultados. Aqui você pode verificar a melhor forma de medir os resultados da sua loja virtual. Caso o resultado não seja o esperado, verifique o processo. Às vezes o que você não espera, está afetando todo o processo, como algum erro no checkout, por exemplo. Você pode dar o desconto ou disponibilizar frete grátis, mas de nada adianta se o cliente não consegue finalizar a compra. A dica é sempre ficar de olho nas KPIs secundárias e no time que cuida delas. Muitas vezes, elas conseguem nos dizer onde encontra-se o erro. Outra dica interessante é ficar de olho nas chamadas bounce rate (taxas de rejeição) e através delas, descobrir quais as páginas tem os maiores índices de desistências, nas páginas do seu site.  

Em resumo…

O uso das KPIs está diretamente ligado aos objetivos determinados por você e sua equipe. As KPIs devem ser feitas diretas e especificamente para a sua loja virtual, assim como para seus objetivos. Você pode sim verificar KPIs já prontas de concorrentes ou de outros segmentos e adaptar para a realidade do seu negócio, mas é importante que elas tenham sido pensadas para a sua loja.

Reúna seu time e comece hoje mesmo a avaliar quais as Métricas e KPIs são importantes para controlar seus indicadores e adotar sempre melhores estratégias para vender mais.   

Ainda não tem uma loja virtual? Clique aqui, conheça nossa plataforma de e–commerce e crie sua loja virtual agora mesmo.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.