O que leva o seu visitante a se tornar um cliente online?

O que leva o seu visitante a se tornar um cliente online?

Muitos donos de e-commerce ficam tão preocupados em aumentar o número de visitantes. Mas de fato, o que realmente leva um visitante a se tornar um cliente online? Além disso, muitos se esquecem do mais importante: a taxa de conversão.

Imagine uma loja física abarrotada de gente em que todos saem sem comprar nada. Isso significa que o CAC (custo de aquisição por cliente) está alto e todo o investimento em estoque, atendentes, caixas, entre outros recursos, não foi justificado. É isso que acontece quando você tem uma alta taxa de visitantes, mas também uma alta taxa de rejeição em uma loja virtual: você tem visitantes, mas não tem clientes. Neste artigo, vamos mostrar o que você pode fazer para que o visitante do seu site torne-se um cliente online.

Taxa de rejeição e abandono de carrinho

Investir em AdWords de maneira ineficaz pode estar prejudicando sua estratégia. Antes de qualquer coisa, analise se sua loja está recebendo visitas qualificadas. De nada adianta levar usuários para sua loja se eles não irão comprar nada. Não é tão difícil assim fazer os usuários repararem na sua vitrine e no que você vende, difícil mesmo é fazê-los comprar. Se a sua loja não despertar interesse o suficiente (layout, conteúdo, cores, facilidade de navegação, ofertas, busca, etc), o consumidor não ficará muito tempo e talvez não volte nunca mais. Por isso, esteja atento a sua taxa de rejeição, a qual você pode ter acesso nos relatórios do Google Analytics.

Outro grande fantasma do e-commerce é o abandono de carrinho. Segundo o Sebrae, a taxa média de conversão de visitantes brasileiros no e-commerce hoje é de 1,5%, com um percentual de abandono de carrinho de 38%. Quando um usuário adiciona um produto, segue para o checkout (finalização da compra) e desiste, algo está errado. É claro que ele pode ter simplesmente desistido de uma compra por impulso ou quer mais tempo para pensar ou pesquisar em outras lojas. Mas é bom saber que 53% dos clientes que desistem da compra apontam o alto custo do frete como motivo. Além desse, há outros motivos, como: muitas informações solicitadas, site muito lento, processo de finalização da compra muito complicado e informações sobre o frete incompletas.

O que leva seu visitante a se tornar um cliente
Abaixo, separamos alguns fatores essenciais para transformar os visitantes do seu e-commerce em clientes.

Design limpo e atraente
Layout e navegação limpos são fundamentais. Por isso, construa um site com um design plano – também chamado de flat design – dando destaque aos produtos sem sobrecarregar os usuários com excesso de informação. A credibilidade da sua loja também está na qualidade das imagens dos produtos. Disponibilize boas imagens, de vários ângulos e de detalhes do produto. Verifique também o tempo para o carregamento da página. Se você cuidou disso na hora da criação do site, certamente esse não será um problema. Quanto mais demorada uma página é para abrir, maior é a taxa de rejeição.

Depoimentos
Você confia mais no que uma empresa diz ou no que um cliente fala? Provavelmente, o depoimento de uma pessoa física vale muito mais na hora de decidir por uma compra, não? Seus clientes também pensam assim. Todos precisamos de uma comprovação na hora de tomar uma decisão; por isso, o testemunho de um cliente sobre os produtos adquiridos são fundamentais para impulsionar a conversão. Além de ajudar os novos clientes, você ainda mostra que confia no que oferece e que está aberto a críticas.

Promoções e ofertas em destaque
Ao destacar suas promoções, você desperta interesse nos clientes. E não estamos falando apenas de descontos nos produtos. Seu diferencial pode ser uma política de devolução simples, um serviço de atendimento ao consumidor mais próximo, frete grátis, etc. O importante é mostrar para o usuário o que sua loja virtual tem de especial. Desta forma, você aumenta as chances de transformar um visitante em um cliente online.

Call-to-action
Deixe as informações mais importantes em destaque. “Adicionar ao carrinho de compras”, por exemplo, é um botão de extrema importância e deve estar bem visível para que o usuário clique. A dica aqui é pensar em palavras, frases e botões que façam o visitante clicar onde você deseja.

Serviço de atendimento online
Para transformar um visitante em um cliente online, tente responder o mais rápido possível as dúvidas do consumidor. Se você demorar muito, ele provavelmente irá buscar seu concorrente ou quem responder primeiro. Essas perguntas podem vir não apenas do seu site, mas das redes sociais. Por isso, fique atento e monitore esses canais também.

Formulário de cadastro simples
Você gostaria de deixar seus dados para uma empresa mesmo sem ter decidido comprar? Infelizmente, há quem faça isso. Cerca de 10% dos e-commerce brasileiros solicitam que os clientes se cadastrem antes da compra. A criação de uma conta deve ser a última etapa do processo, já que pode parecer completamente irrelevante para o consumidor preencher um cadastro quando ele ainda nem decidiu se realmente vai efetuar a compra. Pedir dados demais também é um grande empecilho para a transação a ser efetuada.

Transformar um visitante em um cliente online, pode não ser uma tarefa muito fácil, mas você viu que não é impossível. Medidas simples podem fazer sua taxa de conversão aumentar e diminuir a frustração dos usuários.

O que seu e-commerce faz para que os visitantes se tornem clientes? Comente! Quer mais informações sobre como aumentar sua a taxa de conversão? Leia nosso post 6 erros fatais que resultam numa baixa taxa de conversão.

Esse conteúdo foi produzido por nossa parceira Contentools, empresa que oferece um Software de gestão da produção de conteúdo da estratégia à publicação.

Ainda não tem uma loja virtual? Clique aqui, conheça nossa plataforma de e–commerce e crie sua loja virtual agora mesmo.

Venha para o Signashop e tenha uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo.

CRIE UMA LOJA E TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.