Melhores práticas para um e-commerce B2B

Melhores práticas para um e-commerce B2B
Dai 20 de agosto de 2021 Blog

Além do e-commerce B2C, quem também cresceu de forma acelerada após a pandemia, foram as vendas B2B online. De acordo com a Forrester Research (consultoria referência em B2B no mundo), a comercialização em sites desse segmento chegará a US$ 1,2 trilhão até o final de 2021 nos EUA.

Quem está planejando ingressar no mercado B2B, ou entrou recentemente, já percebeu que vender para outras empresas é bem diferente do que vender para o consumidor final.

Neste texto, vamos te indicar as melhores práticas que um e-commerce B2B deve ter, confira!

Leve conteúdo para seu público

Não utilize conteúdos duplicados e enviados pelo fabricante nas páginas de produto. Crie seus próprios materiais a fim de envolver e atrair os clientes. Os textos também servem para auxiliar e educar seu público.

Fotos, vídeos, ilustrações e infográficos são fundamentais para que não restem dúvidas sobre o que você está vendendo.

Mas fique  atento para estar em sintonia com o consumidor. A Forrester Research recomenda que as empresas sigam quatro etapas: planejamento (centrado nos clientes), produção (fazer conteúdo de alta qualidade, relevante e envolvente), promoção (que é a divulgação no tempo e nos canais certos) e desempenho (analisar e otimizar ao longo do tempo).

Observe a experiência do cliente

Sabemos que ter produtos de qualidade e preços competitivos se tornou obrigatório e apenas isso já não é mais suficiente para ter bons resultados. Um e-commerce B2B deve seguir as melhores práticas de usabilidade do usuário para atrair e fidelizar o público interessado em comprar. 

A experiência de compra é muito importante no e-commerce e abrange alguns aspectos para retenção do cliente como: navegação simples, transações rápidas, comunicação clara e objetiva, bom atendimento e velocidade de carregamento.

Uma dica para indústrias, distribuidores e atacadistas que já atuam (ou que estão pensando em trabalhar) no comércio eletrônico é montar suas estratégias baseadas nas necessidades dos clientes. Afinal, a partir de suas experiências você poderá direcionar adequadamente suas ações.

Simplifique o checkout

O processo de checkout precisa ser rápido e simples. É importante oferecer diversos meios de pagamento como pix, boleto, transferência bancária, cartões de várias bandeiras, carteiras virtuais, aplicativos de pagamento, etc.

A entrega do produto também é um ponto a ser levado em consideração. Por isso, ofereça mais de uma opção de entrega (retirada, Correios, transportadora, motoboy, etc).

Facilite o pedido do cliente B2B

Permita que a compra do cliente aconteça 100% online, sem a necessidade de um representante de vendas.

Algumas empresas ainda preferem que o cliente finalize a compra por telefone ou outro canal, muitas vezes pelo tamanho do pedido. Mas, em vez disso, implemente uma jornada virtual contínua, com um e-commerce seguro e de fácil navegação.

Assim você possibilita que sua equipe comercial atue em outras áreas mais estratégicas, conseguindo gerar mais vendas.

Ofereça o autoatendimento

Os chatbots podem ajudar muito seu e-commerce. Afinal, o consumidor consegue ter respostas mais rápidas para tirar dúvidas básicas no momento da compra. Essa ferramenta automatiza o suporte, diminui o custo de atendimento e interfere positivamente na satisfação e experiência de compra do cliente.

O recurso de live chat no e-commerce B2B também libera tempo da equipe, que consegue focar em questões mais complexas. Além disso, o autoatendimento pode fornecer informações sobre status e histórico de pedidos, fazer orçamentos, tirar dúvidas simples, registrar reclamações, receber elogios, etc.

Agora que você conhece as melhores práticas para um e-commerce B2B, pode implementar isso e ter sucesso em suas ações. Confie no potencial das vendas online e obtenha sucesso! Boas vendas.

Daiane Caroline

Publicitária de formação e apaixonada por comunicação. Escreve para o blog da Signativa e toma café o tempo todo.

Post your comment